Archive | julho, 2015

Dogmas mutáveis¹.

Padre Guido Matiussi 

[Tradução: Gederson Falcometa]

Virá o dia que um Concílio adaptará a religião aos novos tempos, expondo-a segundo as idéias agora aceitadas, como o Concílio de Trento por sua vez a expôs segundo as idéias escolásticas. Assim muitos dizem, e mais despudoradamente que outros, Loisy“.

Continue Reading →

Postagens relacionadas

  • 69
    La Civiltà Cattolica anno 11° vol. 6, serie IV, Roma 1860.   R. P. LUIGI TAPARELLI D’AZEGLIO, S. J.   Que me diz o leitor? A opinião é a rainha do mundo?   Este é um daqueles problemas equívocos, ao qual se pode justamente responder com um sim não menos…
    Tags: a, que, de, se
  • 59
      Gederson Falcometa Em resposta aos Comentários Eleison de Mons. Williamson sobre os milagres eucarísticos de Buenos Aires, o Rev. P. Ernesto Cardozo escreveu o texto que tem título homônimo ao deste artigo, porém, a questão que ele levantou encontra resposta positiva (há milagres fora do corpo visível da Igreja…
    Tags: de, que, a, se
  • 54
      La Civiltà Cattolica Roma 1908. [Tradução: Gederson Falcometa] A crítica está na boca de todos: é o mérito da idade moderna. E se fosse mérito sincero, haveria razão para aprecia-la: a crítica verdadeira é o exame glorioso da verdade, seja científica ou religiosa. Mas muitas vezes é mérito falso:…
    Tags: de, se, a, que, modernismo
  • 53
      O Padre Cardozo, ele próprio é a imagem do caos que instaurou, como podemos ler: Em 2014 era contra os milagres fora da Igreja; Em novembro de 2015 aceitava; Em dezembro do mesmo ano passado, mudou de idéia de novo. Se o Padre Trincado não tivesse dado a conhecer…
    Tags: de, que, a, padre
  • 51
    Cap. VIII das Conferências Espirituais (Londres, 1859) Padre Frederick William FABER (1814-1863), do Oratório   Causar escândalo é falta grave, mas receber escândalo é falta mais grave ainda. Implica maior maldade em nós e faz maior dano aos outros. Nada escandaliza mais rápido do que a rapidez em se escandalizar.…
    Tags: de, que, a, padre
  • 51
        A Igreja e o Estado (2ª ed.) Napoles 1872, cap. I, pag. 7-21.Rev. Pe. Matteo Liberatore S.J.CONDIÇÃO DA IGREJA OPOSTA AO ESTADOCAPÍTULO I.ARTIGO I.Conceito liberalITríplice forma de tal conceitoA palavra de ordem, como se costuma dizer, do liberalismo hodierno é a emancipação do Estado da Igreja. Isto se entende de…
    Tags: a, que, de, se
  • 50
    La Civiltà Cattolica ano XXXIV, serie XII, vol. IV, Florença.P. MATTEO LIBERATORE, S. J.I.Logo que a Igreja de Cristo apareceu no mundo, o antigo Paganismo a combate até o fim, buscando sufoca-la no sangue. O novo Paganismo, que se chama Modernismo, e mais comumente Liberalismo ou Revolução, também ele combate a Igreja;…
    Tags: a, que, de, se, modernismo
  • 50
    Extrato do artigo A Tese de Cassiciacum O Papado Material Para um debate sereno Padre Curzio Nitoglia [Tradução: Gederson Falcometa]   ‘Sé vacante’ sim, ‘Igreja Vacante’ não   a)‘Vacante Sé Apostólica’ na morte de cada Papa, sim Os canonistas e os teólogos definem, e então distinguem, o período de Vacância da Sé…
    Tags: a, de, que, padre
  • 50
    PADRE CURZIO NITOGLIA [Tradução: Gederson Falcometa] Velletri, 15 de novembro de 2008 http://www.doncurzionitoglia.com/IpotesiVelletri.htm "Em questões teológicas difíceis e não definidas, deve se dar o próprio parecer com humildade e paz, conformando-se a instrução e a capacidade do ouvinte, insistindo mais na prática da Igreja, exortando a seguir o bom costume; ao invés de deixar-se…
    Tags: a, de, que

Liberalismo e modernismo

PADRE CURZIO NITOGLIA

28 de maio de 2011
[Tradução Gederson Falcometa]

http://www.doncurzionitoglia.com/liberalismo_e_modernismo.htm

“Nada além do homem, nada para fora do homem, nada sem o homem. Este é o clímax do liberalismo que se chama modernismo”. (Luis Billot)

I) O liberalismo

O Cardeal Luis Billot refutou de forma concisa e agudíssima tanto o liberalismo (De Ecclesia Christi. Tomo II, De abitudine Ecclesiae ad civilem Societatem, III ed., Roma, Gregoriana, 1929, Quaestione VIII, De errore liberalismi et variis ejus formis, pp. 21-63) como seu filho o modernismo ( De virtutibus infusis, Roma, Gregoriana, 1928, De objecto Fidei, pg. 264-272).

O princípio liberal

No que diz respeito ao liberalismo Billot explica que essa é a doutrina que quer emancipar ou “libertar” o homem de Deus, da sua Lei, da sua revelação e da sua Igreja, tanto individual como socialmente. Para obter isso, coloca a liberdade como um fim e bem supremo, o que substitui Deus, com a “liberdade “.

  Continue Reading →

Postagens relacionadas

  • 57
    Maria Guarini [Tradução: Gederson Falcometa] A Igreja é a guardiã do depósito sagrado da verdade revelada, em ordem aos quais são usados dois termos chave: Salvaguarda e Transmissão.  O primeiro indica o dever e a função da Igreja de guardar as verdades reveladas assim como as recebeu, sem mudança, acréscimo ou…
    Tags: de, que, é, do, ii, vaticano, concílio
  • 53
    Fratres in Unum Apresentamos a tradução da preleção de Monsenhor Brunero Gherardini no Congresso sobre o Vaticano II realizado em Roma, em dezembro de 2010, pelos Franciscanos da Imaculada. Por Monsenhor Brunero Gherardini Fratres in Unum.com | Com a generosa contribuição de Gederson Falcometa - Era uma vez a ave Fênix. Todo mundo falava dela,…
    Tags: de, que, do, ii, vaticano, concílio
  • 52
    Giovanni Servodio [Tradução Gederson Falcometa] Passaram-se quase 24 anos daquele fatídico 1988, quando João Paulo II no Motu Proprio Ecclesia Dei Adaflicta, escrevia: «A raiz deste ato cismático [a consagração dos 4 Bispos da FSSPX] é detectável em uma incompleta e contraditória noção de Tradição. Incompleta, porque não tem suficientemente conta do…
    Tags: que, de, é, do, vaticano, ii, concílio
  • 51
    La Civiltà Cattolica anno 11° vol. 6, serie IV, Roma 1860.   R. P. LUIGI TAPARELLI D’AZEGLIO, S. J.   Que me diz o leitor? A opinião é a rainha do mundo?   Este é um daqueles problemas equívocos, ao qual se pode justamente responder com um sim não menos…
    Tags: a, que, de
  • 50
    Gederson Falcometa De fato a Resistência vive dias de confusão e discórdia. A razão dessa discórdia é exatamente que a polêmica dos milagres, não teve fim, aja vista que, o amigo Augusto, autor do texto, que agora comento, ainda toca nela. Nós que defendemos a possibilidade de Milagres fora da…
    Tags: que, de, a, é, do
  • 50
    La Civiltà Cattolica anno 59° vol. 2 (fasc. 1388, 10 aprile 1908), Roma 1908 pag. 170-187.                                        I. A contradição teórica e a hipocrisia prática inerente por necessidade lógica a absurdidade do modernismo – como acenávamos nos precedentes artigos1, comprovando as afirmações da encíclica com os testemunhas de chefes de…
    Tags: de, que, do, é, modernismo

PAULO VI, JOÃO PAULO II E A HERMENÊUTICA DA CONTINUIDADE

d. CURZIO NITOGLIA

[Tradução: Gederson Falcometa]
9 fevereiro de 2011

clip_image001


PAULO VI
PAULO VI denunciou “uma falsa e abusiva interpretação do Concílio, que seria uma ruptura com a Tradiçãotambém doutrinal, chegando ao repúdio da Igreja pré-conciliar, e a licença de conceber uma “nova” Igreja, quase re-inventada do seu interior, na constituição, no dogma, no costume e no direito (Declaração conciliar de “6 de março de 1964”, repetida em “16 de novembro de 1964). Sempre PAULO VI, em setembro-outubro de 1964, durante o período “obscuro” – como o chamavam os inovadores – no qual a ofensiva do Coetus Internationalis Patrum e dos cardeais mais anti-modernistas da Cúria Romana se fez sentir mais fortemente, disse que a Colegialidade deveria ser lida “em conexão com o Concílio Vaticano I” (o qual ao invés, é a apoteose do Primado monárquico do Papa e portanto exatamente oposto da colegialidade episcopal), do qual o Vaticano II é “a continuação lógica”(1). Também ainda PAULO VI nesta ótica da continuidade em “18 de novembro de 1965” informou o Concílio que “seria introduzida a causa de beatificação de Pio XII e João XXIII”(2). Jan Grooaters explica que “uma das maiores preocupações” de PAULO VI “foi a preparação dos fiéis, mas sobretudo dos sacerdotes, para a recepção do Concílio: mais que os outros, ele tinha compreendido que o destino do Vaticano II seria decidido no desenvolvimento pós-conciliar. […] Pela necessidade de reformar a Cúria Romana, de convertê-la de qualquer modo ao Concílio, mas ao mesmo tempo de reassegurar…[…]. Foi tocado a desempenhar uma tarefa de sentinela, tendo, em algumas circunstâncias relações muito estreitas com a opinião pública da Igreja que com o Concílio e a Cúria […] para assegurar o máximo possível o contínuo pedido do pós-concílio. […]. Prevendo no futuro causas de tensão, PAULO VI queria dar a atuação do renovamento um ritmo o quanto possível Uniforme, exortando os retardatários a apressar o passo e moderando a impaciência de quem queria estar muito a frente de seu tempo. […]. O Papa parecia preocupado em fazer qualquer conceção a corrente minoritária [anti-modernista], para obter na votação final um resultado o mais possível vizinho a unânimidade moral […] No começo do quarto e último período do Concílio (“setembro de 1965”), sentiu-se que a ação do Papa tinha assumido um carácter mais diretivo, paralelamente a enfraquecer como leadership da corrente majoritária. Se disse então que “os heróis estavam cansados” e que os Bispos desejavam voltar para casa. […]. Se deve a PAULO VI o mérito de ter agido em sentido “mais progressista” do que a maioria dos Bispos conciliares. Devemos reconhecer que um dos principais méritos de Paulo VI na implementação do Vaticano II consistiu em preparar as condições para que sua atuação se prolongasse no tempo e que fosse então conciliável com o contexto e os costumes de toda a Igreja. Em conclusão, PAULO VI parece que havia sobretudo trabalhado para traduzir o evento conciliar em instituição”(3). PAULO VI no discurso ao Sacro Colégio dos Cardeais em “23 de junho de 1972” denúnciou ““uma falsa e abusiva interpretação do Concílio, que seria uma ruptura com a Tradição, também doutrinal, chegando ao repúdio da Igreja pré-conciliar, e a licença de conceber uma “nova” Igreja, quase re-inventada do seu interior, na constituição, no dogma, no costume e no direito”.

Postagens relacionadas

  • 61
    PADRE CURZIO NITOGLIA [Tradução: Gederson Falcometa] Velletri, 15 de novembro de 2008 http://www.doncurzionitoglia.com/IpotesiVelletri.htm "Em questões teológicas difíceis e não definidas, deve se dar o próprio parecer com humildade e paz, conformando-se a instrução e a capacidade do ouvinte, insistindo mais na prática da Igreja, exortando a seguir o bom costume; ao invés de deixar-se…
    Tags: a, de, que, da, curzio, nitoglia, don
  • 61
    d. CURZIO NITOGLIA [Tradução: Gederson Falcometa] Depois do artigo sobre o “Neo-Donatismo”, alguns leitores me colocaram a questão, se é licito ir a Missa celebrada pelos sacerdotes sedevacantistas. Parece-me (não me reputo infalível e não tenho nenhuma jurisdição para obrigar quem quer que seja, exprimo apenas uma opinião pessoal) que,…
    Tags: de, da, nitoglia, curzio, don, vaticano, ii, concílio
  • 58
      Dois níveis de encontro: O diálogo “diplomático” e aquele “doutrinal”   Don Curzio Nitoglia [Tradução: Gederson Falcometa] Convite à leitura   Em dezembro de 2011 foi publicado um livro muito interessante, escrito pelo Reverendo Padre Michel Lelong (licenciado em língua e literatura árabe, laureado em letras, professor emérito no…
    Tags: de, do, que, hermenêutica, continuidade, ruptura, ii, concílio, vaticano
  • 58
    Miguel Ayuso PADRE CURZIO NITOGLIA 7 de julho de 2011 http://www.doncurzionitoglia.com/forma_societa_stati_liberta_reli.htm   [Tradução: Gederson Falcometa]   Publicado originalmente no SPES – SEMINÁRIO DE ESTUDOS SOCIOPOLÍTICOS SANTO TOMÁS DE AQUINO     •  “A heresia de um indivíduo, com o laicismo liberal, torna-se social e política” (M. Ayuso)   • “Da forma dada à…
    Tags: a, de, que, da, nitoglia, curzio, don
  • 53
       Don Curzio Nitoglia [Tradução: Gederson Falcometa] PRIMEIRA PARTE A ASSISTÊNCIA A MISSA TRADICIONAL   A posição da “La Tradizione Cattolica” “La Tradizione Cattolica”, orgão oficial do 'Distrito Italiano' da 'Fraternidade Sacerdotal  São Pio X' (de agora em diante 'FSSPX') no n.° 86, 1/2013 (pg. 21) afirma: “Quanto a Missa…
    Tags: a, de, que, da, curzio, nitoglia, don
  • 50
        A tese de Cassiciacum  O Papado material Para um debate sereno    Don Curzio Nitoglia [Tradução: Gederson Falcometa]   «Nesta passagem do Evangelho de Marcos (VI, 47-56) está escrito justamente que a Nave (ou seja, a Igreja) se encontrava no meio do mar, enquanto Jesus estava sozinho em…
    Tags: a, de, que, curzio, nitoglia, don

Carta de um Padre perplexo a “La tradizione cattolica”

 

 Don Curzio Nitoglia
[Tradução: Gederson Falcometa]

PRIMEIRA PARTE

A ASSISTÊNCIA A MISSA TRADICIONAL

 

A posição da “La Tradizione Cattolica”

La Tradizione Cattolica”, orgão oficial do ‘Distrito Italiano’ da ‘Fraternidade Sacerdotal  São Pio X‘ (de agora em diante ‘FSSPX’) no n.° 86, 1/2013 (pg. 21) afirma:

Quanto a Missa Tradicional celebrada pelos sacerdotes que fazem profissão de aceitar os erros do Concílio, ou aquelas celebradas em virtude do Motu Proprio […], devemos estar atentos não quanto a fé pessoal do celebrante, mas aquela de que se faz profissão explícita naquela particular celebração. Se se entende explicitamente celebrar em virtude do Motu Proprio, que assimila o rito antigo ao novo (e que na instrução aplicativa requer, como o velho indulto, a adesão ao Concílio), é óbvio que se está participando da profissão de uma falsidade, e devemos nos abster disso”.

Continue Reading →

Postagens relacionadas

  • 79
    Miguel Ayuso PADRE CURZIO NITOGLIA 7 de julho de 2011 http://www.doncurzionitoglia.com/forma_societa_stati_liberta_reli.htm   [Tradução: Gederson Falcometa]   Publicado originalmente no SPES – SEMINÁRIO DE ESTUDOS SOCIOPOLÍTICOS SANTO TOMÁS DE AQUINO     •  “A heresia de um indivíduo, com o laicismo liberal, torna-se social e política” (M. Ayuso)   • “Da forma dada à…
    Tags: a, de, que, da, não, nitoglia, curzio, don
  • 78
    PADRE CURZIO NITOGLIA [Tradução: Gederson Falcometa] Velletri, 15 de novembro de 2008 http://www.doncurzionitoglia.com/IpotesiVelletri.htm "Em questões teológicas difíceis e não definidas, deve se dar o próprio parecer com humildade e paz, conformando-se a instrução e a capacidade do ouvinte, insistindo mais na prática da Igreja, exortando a seguir o bom costume; ao invés de deixar-se…
    Tags: a, de, que, não, da, curzio, nitoglia, don
  • 74
    Don Curzio Nitoglia [Tradução: Gederson Falcometa]   O Donatismo clássico O “DONATISMO CLÁSSICO” [1] é uma Heresia (seguida de um Cisma) nascida de DONATO O GRANDE (cerca de +330) do qual infelizmente perderam-se os escritos, mas dos quais nos falam S. JERÔNIMO (De viribus illustris, 93) e SANTO AGOSTINHO (De haer, 69; Epist.,185; De…
    Tags: a, de, que, da, se, pontificum, proprio, summorum, motu
  • 73
    A "Tese de Cassiciacum" é ainda absolutamente certa? PADRE CURZIO NITOGLIA [Tradução: Gederson Falcometa] Velletri, 6 luglio 2008 http://www.doncurzionitoglia.com/TesIncerta.htm Advertência Tendo abandonado – publicamente – as conclusões jurídicas da “Tese de Cassiciacum” (7-8 de dezembro de 2006) para chegar ao “Sim Sim Não Não” em Veletri (7 de janeiro de 2007), me senti,…
    Tags: a, de, que, não, se, curzio, nitoglia, don
  • 69
        A tese de Cassiciacum  O Papado material Para um debate sereno    Don Curzio Nitoglia [Tradução: Gederson Falcometa]   «Nesta passagem do Evangelho de Marcos (VI, 47-56) está escrito justamente que a Nave (ou seja, a Igreja) se encontrava no meio do mar, enquanto Jesus estava sozinho em…
    Tags: a, de, não, que, curzio, nitoglia, don
  • 67
      PADRE CURZIO NITOGLIA [Tradução: Gederson Falcometa} 27 de junho de 2009 http://www.doncurzionitoglia.com/mezze_veritas.htm Monsignor Henri Delassus  dizia: «Hoje mais que nunca é preciso dizer a verdade, sem subterfúgios e sem hábeis estratégias. [...] A moral é que as verdades diminuídas não são a Verdade e apenas a Verdade leva consigo a vida; e apenas…
    Tags: a, de, que, nitoglia, curzio, don
  • 64
    PADRE CURZIO NITOGLIA [Tradução: Gederson Falcometa] Velletri, 8 settembre 2008 http://www.doncurzionitoglia.com/ANALOGIA.htm Introdução ■ O fato: Um sermão e uma conferência Depois de ter pedido (6 de julho de 2008), publicamente e por escrito, uma resposta a redação da “Sodalitium”, referente ao n.º 62 de junho de 2008, esperei em vão mais…
    Tags: a, de, que, não, da, curzio, nitoglia, don
  • 64
     DON CURZIO NITOGLIA 19  de agosto de 2009[Tradução: Gederson Falcometa]Publicado originalmente noSPES –SEMINÁRIO DE ESTUDOSSOCIOPOLÍTICOSSANTO TOMÁS DE AQUINO http://www.doncurzionitoglia.com/Dante_Alighieri_DeMonarchia.htm   Dante, em De Monarchia, é um um dos precursores do Príncipe de Maquiável. Esta frase pode surpreender, mas, se se estudar bem o problema, as coisas se fazem claras. Para Étienne Gilson, segundo Dante “O imperador não…
    Tags: de, a, que, se, nitoglia, curzio, don
  • 63
      Gederson Falcometa Em resposta aos Comentários Eleison de Mons. Williamson sobre os milagres eucarísticos de Buenos Aires, o Rev. P. Ernesto Cardozo escreveu o texto que tem título homônimo ao deste artigo, porém, a questão que ele levantou encontra resposta positiva (há milagres fora do corpo visível da Igreja…
    Tags: de, que, a, não, se
  • 62
    Extrato do artigo A Tese de Cassiciacum O Papado Material Para um debate sereno Padre Curzio Nitoglia [Tradução: Gederson Falcometa]   ‘Sé vacante’ sim, ‘Igreja Vacante’ não   a)‘Vacante Sé Apostólica’ na morte de cada Papa, sim Os canonistas e os teólogos definem, e então distinguem, o período de Vacância da Sé…
    Tags: a, de, não, que, nitoglia, curzio
  • 62
      PADRE CURZIO NITOGLIA [Tradução: Gederson Falcometa] 26 febbraio 2009 http://www.doncurzionitoglia.com/SedevacantismoMitigato.htm 1) Sedevacantismo mitigado 1º) Segundo P. Guérard des Lauriers,  uma vez que o novo rito da consagração episcopal é duvidoso,  se fosse eleito Papa um sujeito consagrado com o novo rito, não seria validamente Bispo e então não poderia…
    Tags: a, de, que, não, se, curzio, nitoglia, don
  • 61
    Gederson Falcometa De fato a Resistência vive dias de confusão e discórdia. A razão dessa discórdia é exatamente que a polêmica dos milagres, não teve fim, aja vista que, o amigo Augusto, autor do texto, que agora comento, ainda toca nela. Nós que defendemos a possibilidade de Milagres fora da…
    Tags: que, de, a, não, da, se
  • 60
    La Civiltà Cattolica anno 11° vol. 6, serie IV, Roma 1860.   R. P. LUIGI TAPARELLI D’AZEGLIO, S. J.   Que me diz o leitor? A opinião é a rainha do mundo?   Este é um daqueles problemas equívocos, ao qual se pode justamente responder com um sim não menos…
    Tags: a, que, de, se
  • 59
      PADRE CURZIO NITOGLIA [Tradução: Gederson Falcometa] Introdução Sócrates morre em 399 a.C. condenado formalmente por “impiedade”, ou seja, porque não cria nos Deuses da cidade e porque corrompia com as suas doutrinas a juventude de Atenas; mas a verdadeira razão da sua condenação a morte – como escreve Platão…
    Tags: a, de, que, não, nitoglia, curzio
  • 58
    Gederson Falcometa No vídeo em resposta ao Professor Carlos Nougué, se pode ouvir do Padre Cardozo, duas coisas importantes para se entender toda essa confusão: 1 – Foram feitos grandes esforços para evitar a briga com os bispos; 2 – Os esforços começaram entre setembro e outubro do ano passado…
    Tags: que, a, se, de, não, da
  • 57
    O modernismo, para poder permanecer dentro da Igreja e muda-la subterraneamente, não quis se apresentar explicitamente como um sistema teológico bem definido [1], dado o seu caráter secreto ("foedus clandestinum/seita secreta", S. Pio X, Sacrorum Antistitum, 1910) e o seu horror pelas definições, pela lógica e pela especulação racional, a…
    Tags: a, de, que, da, não
  • 57
        A Igreja e o Estado (2ª ed.) Napoles 1872, cap. I, pag. 7-21.Rev. Pe. Matteo Liberatore S.J.CONDIÇÃO DA IGREJA OPOSTA AO ESTADOCAPÍTULO I.ARTIGO I.Conceito liberalITríplice forma de tal conceitoA palavra de ordem, como se costuma dizer, do liberalismo hodierno é a emancipação do Estado da Igreja. Isto se entende de…
    Tags: a, que, de, da, se
  • 57
    Extraído do livro Fenomenologia da autodestruição (L’homme contre lui-meme) Noevelle Editions latines, 1, rue palatine, Paris, 1962 Marcel de Corte [Tradução: Gederson Falcometa] Não se pode compreender a obra de Maquiavel e o seu alcance, sem antes compreender a concepção do homem e de mundo que a governa. O pensamento…
    Tags: a, de, que, se, não, da
  • 55
      O Padre Cardozo, ele próprio é a imagem do caos que instaurou, como podemos ler: Em 2014 era contra os milagres fora da Igreja; Em novembro de 2015 aceitava; Em dezembro do mesmo ano passado, mudou de idéia de novo. Se o Padre Trincado não tivesse dado a conhecer…
    Tags: de, que, a, não, da
  • 54
      Uma pessoa me enviou o link, para o texto de um amigo que critica a afirmação de que a posição do Padre Cardozo “não existe nada de católico na Igreja Conciliar” é uma forma de sedevacantismo absoluto (eclesiavacantismo). O texto foi escrito por um amigo, que também julgo não…
    Tags: que, não, de, se, a
  • 54
    PADRE CURZIO NITOGLIA [Tradução:Gederson Falcometa] 3 de agosto de 2011 http://www.doncurzionitoglia.com/chiesa_cattolica_e_s_agostino.htm Prólogo Monsenhor Brunero Gherardini publicou o seu mais recente trabalho: Católica. Contornos da eclesiologia agostiniana (Torino, Lindau, 2011) [1]. Onde reassume a sua atividade seja de professor de eclesiologia na Lateranense em 1968, seja de Autor de estudos recentes…
    Tags: de, não, da, se, nitoglia, curzio, don
  • 54
      PADRE CURZIO NITOGLIA 19 de dezembro de 2009 http://www.doncurzionitoglia.com/scienza_politica_tomistica.html [Tradução: Gederson Falcometa] Publicado originalmente no SPES - SEMINÁRIO DE ESTUDOS SOCIOPOLÍTICOS SANTO TOMÁS DE AQUINO “A prudência em relação ao bem comum se chama política” (S. Th., II-II, q. 47, a. 10, in corpore)   Política como “prudência social” A…
    Tags: que, de, não, se, nitoglia, curzio, don
  • 53
    Gederson Falcometa A confusão e a desordem seguem de vento em popa no apostolado do Padre Cardozo. Agora veio a público a exigência da assinatura de um termo de adesão ao catolicismo [1]. Lembrou muito bem um amigo, que como prescreve o CDC de 1917 [2], um herege, um apóstata…
    Tags: de, que, a, se, da
  • 53
    Extrato do Capítulo XIII Em quais coisas a Igreja não é infalível   Do livro: Da opinião ao Dogma 15 de agosto de 1953 Padre Sisto Cartechini, S. J. [Tradução: Gederson Falcometa]     Milagres, aparições e relíquias   Especialmente entorno aos milagres antigos, não aqueles narrados na Sagrada Escritura, são transmitidos…
    Tags: de, da, a, não, que
  • 53
    d. CURZIO NITOGLIA [Tradução: Gederson Falcometa] 9 fevereiro de 2011 http://www.doncurzionitoglia.com/paolovi_gpii_ermeneutica_continu.htm PAULO VI PAULO VI denunciou “uma falsa e abusiva interpretação do Concílio, que seria uma ruptura com a Tradição, também doutrinal, chegando ao repúdio da Igreja pré-conciliar, e a licença de conceber uma “nova” Igreja, quase re-inventada do seu interior, na…
    Tags: de, a, que, da, nitoglia, don, curzio

Powered by WordPress. Designed by WooThemes

Seguir

Obtenha todo novo post entregue na caixa de entrada do seu email.

Junte-se a outros seguidores