Archive | Ciência

A CIÊNCIA POLÍTICA TOMISTA

  PADRE CURZIO NITOGLIA
19 de dezem­bro de 2009
[Tradução: Ged­er­son Fal­cometa]
Pub­li­ca­do orig­i­nal­mente no
A prudên­cia em relação ao bem comum se chama políti­ca
(S. Th., II-II, q. 47, a. 10, in cor­pore)
 
Políti­ca como “prudên­cia social”
A políti­ca ou moral social é a ciên­cia daqui­lo que o homem, como ani­mal social, deve ser e faz­er (“agere sequitur esse”), ori­en­tan­do-se a deter­mi­na­do fim (“omne agens agit propter finem”). San­to Tomás a define assim: “o sujeito na filosofia moral é a oper­ação humana orde­na­da a um fim, ou o homem enquan­to age vol­un­tari­a­mente por um fim”. ([1]) Para o Aquinate a filosofia políti­ca é uma ciên­cia práti­ca, que dá os princí­pios (“scire per causas”) para agir, não ao indi­ví­duo soz­in­ho, como a éti­ca ger­al, mas ao cidadão que vive em uma sociedade e que deve fun­cionar como homem social e não como indi­ví­duo pri­va­do, como seria ao con­trário para a esco­la lib­er­al e lib­ertista.

Powered by WordPress. Designed by WooThemes

Seguir

Obtenha todo novo post entregue na caixa de entrada do seu email.

Junte-se a outros seguidores