FILME: 11 DE SETEMBRO DE 1683


História / quinta-feira, outubro 17th, 2013

11 de setembro de 1683

A história do assé­dio Tur­co a Viena e de uma batal­ha hero­ica que mudou o des­ti­no da Europa e do Mun­do.  

Em 11 de setem­bro de 1683 trezen­tos mil guer­reiros chama­dos de todos os lugares do Império Otomano tem Viena sob Assé­dio. São coman­da­dos pelo Grão Visir Kara Mustafa, ao qual o Sultão de Istam­bul con­fiou a ban­deira do Pro­fe­ta: o estandarte verde com a lua cres­cente doura­da que a tradição reivin­di­ca per­tencer ao Pro­fe­ta Maomé em pes­soa. O fim da sua agressão é o de içar aque­la ban­deira sobre todas as cap­i­tais da Europa, entre as quais, em últi­mo, Roma, o berço da Cri­stan­dade.

A aparição de um cometa lumi­noso nos céus é inter­pre­ta­da como um sinal de Allah que prom­ete uma glo­riosa vitória do Islã e a sub­mis­são da Europa cristã. Os cav­a­l­os árabes iri­am beber em breve nas fontes da Praça de São Pedro.

 Ape­sar de dois meses de resistên­cia hero­ica, o des­ti­no de Viena parece traça­do: tiros de can­hão do exérci­to tur­co fiz­er­am bre­chas nos muros em diver­sos pon­tos, abrindo entra­da para uma ráp­i­da incursão da cav­alar­ia tár­tara flan­quea­da pelos janízaros do Visir.

11 de setembro de 1683 foto2

Em 11 de setem­bro – na primeira luz do dia – um mon­ge capuch­in­ho reza a Mis­sa em cima da col­i­na que faz vista para a cidade. Em segui­da, com um últi­mo apaixon­a­do ser­mão, inci­ta as tropas cristãs. O seu nome é Mar­co da Aviano, nasci­do em Friuli em 1631 de uma nobre estirpe. É o con­sel­heiro e o guia espir­i­tu­al do Imper­ador Augs­burg Leopol­do I.

A batal­ha entre os dois exérci­tos opos­tos se arras­ta até ao por do sol, com resul­ta­dos alter­na­dos para as duas partes, em um jogo estratégi­co de avançadas e reti­radas, até que a Liga San­ta, guia­da pelo Rei Pola­co Jan III Sobies­ki con­duz o assalto final que des­bara­ta as tropas Otomanas e a ulti­ma resistên­cia do acam­pa­men­to inimi­go: vinte cin­co mil ten­das, entre as quais o pavil­hão verde do próprio Kara Mustafa.

Durante a toda batal­ha a figu­ra de Mar­co da Aviano se pro­je­ta no céu em cima da col­i­na ten­do entre as mãos o cru­ci­fixo, alça­do ao céu. Alguns dias depois, Mar­co em pes­soa levará o estandarte de Maomé em Roma e o entre­gará nas mãos de Papa Inocên­cio XI.

Dis­tribuí­do por Microcin­e­ma
VISITE O SITE

www.11settembre1683.com