MATRIMÔNIO, AMOR E CARIDADE: CONSELHOS AOS NAMORADOS


Espiritualidade, Política, Psicologia, Sociologia, Teologia

Padre Curzio Nitoglia Tradução: Ged­er­son Fal­cometa ·         Depois de ter vis­to o que é a ver­dadeira Cari­dade sobre­nat­ur­al e tê-la dis­tin­ta antes de tudo do amor nat­ur­al (que é bom mas imper­feito) e sobre­tu­do do ero­tismo freudi­ano, que hoje inva­diu todas as coisas, que é puro egoís­mo, amor próprio, e é a morte do ver­dadeiro […]

13/11/2018

P. CURZIO NITOGLIA: O MELHORAMENTO DO CARÁTER E DO TEMPERAMENTO


Psicologia

  Padre Curzio Nitoglia [Tradução: Ged­er­son Fal­cometa] O CARÁTER   Natureza do caráter O caráter é o modo de ser habit­u­al de um homem, que o dis­tingue dos out­ros e lhe dá uma per­son­al­i­dade int­elec­tu­al, moral, e psi­cológ­i­ca pro­pri­a­mente sua. O caráter é dis­tin­to do tem­pera­men­to. Na real­i­dade o caráter indi­ca as dis­posições int­elec­tu­ais, morais, […]

13/08/2018

A casa edificada sobre a areia – Dom Antonio de Castro Mayer


Psicologia, Teologia

A casa edi­fi­ca­da sobre a areia – Dom Anto­nio de Cas­tro May­er Fratres In Unum Nos­sa apreen­são aumen­ta, ama­dos fil­hos, pelo fato de que a min­i­mal­iza­ção do papel da inteligên­cia, na con­ver­são do indi­ví­duo, vem acom­pan­ha­da de mui­ta ênfase ao fator emo­ti­vo. Dig­amos, des­de logo, que esta não foi a ped­a­gogia de Nos­so Sen­hor Jesus Cristo, […]

01/03/2016

Sobre Escandalizar-se


Psicologia, Teologia

Cap. VIII das Con­fer­ên­cias Espir­i­tu­ais (Lon­dres, 1859) Padre Fred­er­ick William FABER (1814–1863), do Oratório   Causar escân­da­lo é fal­ta grave, mas rece­ber escân­da­lo é fal­ta mais grave ain­da. Impli­ca maior mal­dade em nós e faz maior dano aos out­ros. Nada escan­dal­iza mais rápi­do do que a rapi­dez em se escan­dalizar. Vale a pena con­sid­er­ar­mos isso. […]

29/02/2016

P. CURZIO NITOGLIA: VERDADEIRA E FALSA PRUDÊNCIARESPOSTA A DOMENICO SAVINO


Psicologia, Teologia

A prudên­cia é uma vir­tude que reside no int­elec­to práti­co e é orde­na­da ao reto gov­er­no das nos­sas ações, em vista do fim (P. Antônio Royo Marín O.P., Teolo­gia del­la per­fezione cris­tiana, Roma, Edições Pauli­nas, 6a ed., 1965).

26/02/2016

Do Amor


Psicologia

CAPÍTULO SÉTIMO DO AMOR EXTRAÍDO DO LIVRO: A MEDICINA DAS PAIXÕES JEAN BAPTISTE DESCURET [Tradução: Ged­er­son Fal­cometa]   O amor é uma paixão só: des­ta ela reúne todas as out­ras. A sen­ho­ra de Suza.   Definições e sinôn­i­mos   O amor, no seu mais exten­so con­ceito, é aque­le irre­sistív­el encan­to que atraí todos os seres, é […]

22/12/2015

Definição das paixões


Psicologia

CAPÍTULO PRIMEIRO DEFINIÇÃO DAS PAIXÕES EXTRAÍDO DO LIVRO: A MEDICINA DAS PAIXÕES DE JEAN BAPTISTE DESCURET [Tradução: Ged­er­son Fal­cometa]     Dis­tinção entre comoções, sen­ti­men­tos, afe­tos, vir­tudes, vício e paixões A con­fusão das coisas nasce daque­la das palavras. O vocábu­lo paixão, ade­qua­do a sua gre­ga eti­molo­gia (πάθος), soa pena ou ao menos dis­posição a rece­ber comoções […]

22/12/2015

P. CURZIO NITOGLIA: BELEZA E SERIEDADE DO MATRIMÔNIO


Psicologia

No sen­ti­men­tal­is­mo se bus­ca a “con­so­lação sen­sív­el”, ou seja, o “praz­er” e se pode cair facil­mente na des­or­dem ascéti­ca (apari­cionis­mo) e moral. Esta é a con­se­quên­cia práti­ca do erro ascéti­co do Amer­i­can­is­mo ou teóri­co do sen­ti­men­tal­is­mo (ou exper­iên­cia reli­giosa) do Mod­ernismo.

28/09/2013