O VENERÁVEL BARTOLOMEU HOLZHAUSER (1613–1658) OU A RESTAURAÇÃO DA REALEZA SOCIAL DE N.S. JESUS CRISTO


Teologia

O tex­to deste arti­go é a apre­sen­tação de Nico­la Dino Cava­di­ni a sua tradução para o ital­iano da obra de Bar­tolomeu Holzhauser “Inter­pre­ta­tio in Apoc­a­lypsin”. A obra foi pub­li­ca­da pela primeira vez em Bam­ber­ga em 1784 e foi con­sid­er­a­da por alguns o mel­hor pro­du­to daque­la cor­rente exegéti­ca que vê no Apoc­alipse de S. João a nar­ração sim­bóli­ca da história da Igre­ja”. Holzhauser, sin­gu­lar­mente dota­do do dom da pro­fe­cia, deu mão ao comen­tário depois de 1649 enquan­to se encon­tra­va no Tirol, “em con­tin­ua oração por dias inteiros, pri­va­do de comi­da e bebi­da” e “sep­a­ra­do de todo con­sór­cio humano”.

26/11/2017

P. ROGER CALMEL: LUZ DO APOCALIPSE


Escatologia

Podem-se encon­trar estra­nhas, com­pli­cadas e as vezes até mes­mo descon­cer­tantes visões, sem­pre grandiosas, do Apoc­alipse de São João. Não se pode porém acusá-lo de fornecer uma ideia mile­nar­ista ou pro­gres­sista da história.

15/04/2016